Resenha #02: ‘Uma duas’ da Eliane Brum

Foto: Livro & café

Por Ana Istschuk

“Não há como escapar da carne da mãe. O útero é para sempre”. Com essa sentença, Eliane Brum nos arrebata com a história de Laura, a filha que “odeia e ama a mãe com a mesma intensidade, embora só tente odiar”. O primeiro livro de ficção da autora tem como tema a relação – impossível de romper e nem sempre saudável e harmoniosa – entre mãe e filha.

Laura acha – ou ainda procura – na escrita não só uma forma de fugir da realidade, mas de matar a mãe. Mesmo que no começo a intenção de Brum tenha sido apenas deixar que Laura contasse a história, lá pelas tantas a mãe invade – o quarto – e o relato da filha. E é nessa voz dada às duas que é possível entender a necessidade do afastamento entre elas e ao mesmo tempo a dependência que ambas têm uma da outra.

Com uma escrita imersiva e leve, o livro é, ao mesmo tempo, carregado de cenas duras e de difícil digestão. A abordagem de uma relação não-romantizada e abusiva da maternidade não é tão comum na literatura nem em outros espaços – apesar de já existirem discussões e produções a respeito disso. Portanto, acho que o trabalho dela é notável nesse sentido.

Por mais que a atmosfera de ‘Uma duas’ seja repleta de ódio, traumas e dores, a obra também trata sobre amor. E novamente é um amor retratado de uma forma diferente da habitual. Um amor não idealizado, ao meu ver, e complexo ao envolver outros sentimentos que não são só positivos e felizes. Além disso, o título retrata muito bem a relação conflituosa de unidade e individualidade das duas que são uma pela carne inescapável.

Eliane Brum é conhecida por seu olhar característico sobre os acontecimentos do mundo e ela também o traz na ficção. A gaúcha e jornalista ainda transporta para o romance sua sensibilidade ao tratar de pessoas – que nesse caso são as personagens fictícias de uma história perturbadora. Com um trabalho sem igual no jornalismo, a escritora não perde em nada na sua estreia no romance e na ficção.

Ficha técnica:
Título: Uma duas
Autora: Eliane Brum
Ano e país de publicação: 2011, Brasil
Editora: Leya (2011) e Arquipélago (2018)
Estrelas: 5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.