Resenha #11: ‘O último minuto custa a chegar, mas é maravilhoso’ do Vitor Toscano

Foto: Ana Istschuk

Por Luana Caroline

‘O último minuto custa a chegar, mas é maravilhoso’ chegou para o Pássaro Liberto pelo autor, Vitor Toscano. O livro reúne contos de histórias entre pais e filhos com relações que se aproximam do macabro, o terror infantil que lembra as características do Coraline. Nenhum personagem dos contos é identificado com nomes, todos sãos ‘pais’ ‘mães’ e ‘filhos’. O livro, com menos de 100 páginas, é para ler em um único fim de semana, mergulhando em um universo que recria o triste e o macabro de forma bela e poética.

O livro é impactante, por diversos motivos. Seja pelos personagens, pela dor ou pelo incômodo da estranheza de algumas situações. A narrativa brinca com o fluxo de pensamento, não se sabe o que é realidade dos personagens e o que é devaneio. Todas as histórias parecem abstrações, ora dos pais, ora dos filhos – essa característica me lembrou a discussão do Tiago Ferro (autor do Pai da Menina Morta’) em uma entrevista aqui para o blog – confira a entrevista aqui e a resenha do livro aqui.

De forma mais aberta ou mais subjetiva todos os contos tratam das mudanças interiores e da inocência infantil a partir destas histórias de pais e filhos. Há alguns trechos que merecem destaque como “certas pessoas, ela disse, se você não toma conta, vão desaparecendo. Fica só a casca” ou “ser adulto é experimentar a solidão mais plena que há”.

Há entre os personagens um que me chamou a atenção, o pai sem filhos, que nada mais é do que um homem que passa a vida imaginando como seria a vida se ele tivesse uma filha. Quantas pessoas há pelo mundo que em vez de viver estão apenas imaginando uma vida? Entre a leitura nos deparamos com outras críticas a sociedade a partir da fala de uma criança que ainda está descobrindo o mundo dos adultos, como no trecho “você tenta explicar que a gente tem que ficar parado olhando as coisas bonitas e elas vão querer te dar um remédio ou um tapa na cara, mas nunca mesmo um beijo”.

Algumas vivências por mais dolorosas que sejam elas têm de ser. A vida é assim e temos que lidar com isso no nosso interior. Antes de tudo é disso que o livro se trata, de como vivemos com as dores do mundo. Como sobrevivermos enquanto tudo ao nosso redor está queimando e a cada notícia parecemos mais próximos de um fim?

“A tristeza acontece um dia. E depois de vez em quando, assim como a saudade e a felicidade”.

Ficha técnica:
Título: O último minuto custa a chegar, mas é maravilhoso
Autor: Vitor Toscano
Ano e país de publicação: 2017, Brasil
Editora: Moinhos
Estrelas: 5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.